domingo, 6 de março de 2011

Irresponsável ou revolucionária ?



"Mas vocês são a raça escolhida,os sacerdotes do Rei, a nação completamente dedicada a Deus, o povo que pertence a Ele. Vocês foram escolhidos para anunciar os atos poderosos de Deus, que os chamou da escuridão para a sua maravilhosa luz. Antes, vocês não eram o povo de Deus, mas agora são o seu povo; antes, não conheciam a misericórdia de Deus, mas agora já receberam a sua misericórdia."
1 Pedro 2:9-10


Reunir-se ao redor da televisão com a família no chamado "horário nobre". Que família não fazia isso ? Isso mesmo, FAZIA. Hoje em dia isso não acontece mais. Pode ser que aconteça ainda com algumas famílias, algumas vezes. Mas creio que não seja mais comum. Hoje cada um tem a sua própria televisão. Hoje não precisamos estar mais em casa pra assistir um filme ou uma novela. Com um celular , que se tornou simples, nós podemos, além de ver televisão, ouvir nossas músicas prediletas e acessar nossos perfis nas redes sociais em qualquer lugar que estejarmos.
E não fazemos uma coisa de cada vez não ! Fazemos tudo ao mesmo tempo. Enquanto conversamos com amigos no MSN, postamos fotos no facebook, no tumblr, postamos no blog e ainda tem uma música de fundo tocando. Uma atividade de cada vez não dá certo, temos que fazer várias ao mesmo tempo.
Essa é a descrição da chamada geração Z. As pessoas que formam essa geração são aquelas que nasceram no final do século XX, entre 1900 e 2009. A letra Z que dá o nome à essa geração vem da palavra zapear, que significa "ato de mudar rápida e repetidamente de canal de televisão". Sim, não conseguimos ficar parados por muito tempo, temos sempre que estar fazendo alguma coisa.
Somos a geração que muitas pessoas não entendem. A geração que pais, professores e profissionais mais experientes não entendem e também não se esforçam para entender e alcançar. A geração chamada por muitos de folgada, distraída demais, superficial, irresponsável, que não sabe o que quer, a geração perdida. Sim, a geração Z tem vários problemas, como todas as gerações passadas também tinham. Porém, estudiosos e psicólogos afirmam que somos "uma geração preocupada com o meio ambiente, sustentabilidade e estilo de vida." Uma geração que já esta fazendo revolução. Não com bandeiras e rostos pintados como a juventude que foi às ruas pedir o impeachment de Collor, mas sim usando ferramentas que todo jovem tem nas mãos. Geração que está derrubando ditadores do poder com simples tweets.
E essa geração também deve ser alcançada para o Reino de Deus. Uma geração tão criativa, que gosta de criar, de inovar, deve conhecer o amor do Pai. Um amor verdadeiro, que não acaba no dia seguinte. Um amor que não se mede e que não tem preço.
Bom, os versículos do começo do post, foram versículos que ficaram na minha mente dias atrás. E eu espero ansiosamente pelo momento em que toda a geração Z será alcançada e usará suas várias habilidades para anunciar os atos poderosos de Deus e levar luz para aqueles que estão em trevas. E eu creio que esse momento chegará, só resta cada um fazer a sua parte. Parte que cabe as gerações passadas também, é só ter vontade e amor com a geração Zap,porque, apesar de tão diferente, ela também merece conhecer o perfeito amor !


P.S: como também faço parte da geração Z,enquanto postava aqui, conversava com amigos no MSN, escolhia uma imagem pro post, via meus recados no facebook e ouvia música. uahsuahsuahush. É,não tem jeito, eu PRECISO aprender a fazer uma coisa de cada vez (y) haha.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Felicidade



Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!


Fernando Pessoa