sábado, 27 de novembro de 2010

Where is the love?³




O que está acontecendo com o mundo ? Ou melhor,o que está acontecendo com nosso país? O Brasil que todos conhecem pelas belas praias, pelo samba contagiante, pelo futebol. Parece que esse país está desaparecendo da mente das pessoas e sendo substituído pelo país da "guerra do tráfico". É triste pensar que em uma cidade tão maravilhosa como o Rio de Janeiro, haja a guerra que está havendo.
Pessoas não podem mais sair de suas casas com medo de serem atingidas por uma bala perdida. Pessoas não vão mais à praia, não veem mais suas belezas, com medo do que poderá acontecer. Crianças não brincam mais nas ruas pois podem ser feridas.
Cenário que lembra a qualquer indivíduo uma verdadeira guerra. Em um país pacífico, como todos dizem, isso não deveria acontecer. O mundo todo está presenciando esse verdadeiro horror. Será que a imagem do nosso país continuará a mesma depois disso? Eu espero que tudo volte mais que ao normal, que tudo volte a ter paz, mesmo onde não havia.
O que as crianças pensam a respeito disso tudo? Penso que elas não conseguirão acreditar no amor daqui pra frente. Porque cada dia esse amor da humanidade vai esfriando, até que um dia ele não mais existirá.



"Onde está o amor? Não sei, talvez ele esteja em alguma gruta inacessível para algumas pessoas; para outras, que eu chamaria de pedólogas do amor, ele é facilmente encontrado no fundo desta caverna." Gabriel Botasso.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Gentileza gera gentileza


Ajudar as pessoas sempre foi uma ação que gosto de praticar. Não importa em que eu for ajudar, faço sempre com dedicação. Faço tudo isso porque eu sei que se um dia eu precisar, gotaria que outras pessoas fizessem o mesmo.
Acredito que hoje em dia ainda existem pessoas dispostas a praticar a gentileza, embora não consigamos encontrar tão facilmente. Não é como antigamente, que podíamos encontrar várias pessoas praticando a maravilhosa gentileza.
Em cada simples ação do dia a dia poderíamos encontrar rapazes e senhoritas gentis. Como se isso fosse a regra fundamental para poder conviver com o restante das pessoas. Como se abrir a porta do carro para as mulheres fosse muito normal para os homens. E para as mulheres, tratar todas as pessoas muito bem, como uma verdadeira lady.
Viver nesse tempo, no meio de todos esses costumes realmente deveria ser muito bom. Se eles voltassem para os dias de hoje todos estranhariam, com certeza. Porque a maioria das pessoas atualmente nem sequer dizem bom dia. Com toda a pressa que existe, nem um simples olá você ouve de alguém, muito menos um como vai?, muito menos ainda alguém para abrir a porta do carro para a companheira como nos velhos tempos.
Sim,podemos sonhar em voltar no tempo e sermos alvo de muita gentileza. Sabemos que não é possível isso acontecer. Mas podemos tornar o mundo a nossa volta um pouco mais gentil. Com pequenas atitudes que estão ao nosso alcance. Como ajudar uma pessoa idosa a atravessar a rua, dar bom dia para aquele vizinho que você nem sabe que existe, ser educado com os outros, ajudar seu irmão mais novo, dizer eu te amo para quem faz tanto por você e nunca foi recompensado com uma palavra de carinho ou um simples obrigado.
Enfim,cada um sabe a gentileza que precisa praticar no decorrer de sua vida!

PS: o título pode parecer clichê,mas é exatamente o que aconteceria se a gentileza fosse praticada (:

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

smile.


"Em qualquer circunstância,sorria."

A falta de criatividade é uma das coisas com a qual eu não gosto de conviver. Sabe quando voce precisa escrever algo,você quer escrever sobre algo e a ideia não vem na sua mente? É horrivel. Quando você olha pra imagem,acha ela bonitinha, e de repente nada lhe vem a mente.
É complicado.
Mas é isso que acabou de acontecer comigo.

Beijos a todos ;*


#np: Ego- Beyonce (8)

domingo, 14 de novembro de 2010

Fim



Fim de ano chegando, e é nessa época que você começa a fazer planos para o próximo ano e também planos para o fim do ano.
E eu sei que preciso começar a pensar nos meus planos para o ano que vem também, mas antes que o ano acabe eu quero fazer planos para esse finzinho de ano que ainda resta. Ultimo ano no ensino médio, sem a certeza do que eu estarei fazendo o ano que vem,alguns medos surgem dentro de mim. Digamos que são normais,ok. Mas não é disso que quero falar hoje. Quero deixar um pouco a "vida acadêmica" de lado e pensar na minha "vida social".
Com tantas coisas e provas pra fazer, sinto falta de passar mais tempos com os amigos, em particular com minhas amigas, as eternas leoas. Não sabemos onde estaremos ano que vem mas sabemos que nossa amizade nunca vai acabar,por mais distante que fiquemos.
E nesse final de ano eu quero aproveitar para passar com minhas eternas amigas, não importa o dinheiro que gastamos, tempo que precisamos, o que eu quero é estar com elas. Passar a noite dando risada e não deixar meus pais dormirem, ir no mercado de manhã para comprar nosso café da manhã perfeito, e rir a toa.
Porque tem coisas que só a gente entende. *-*
Mas mesmo você não sendo leoa, lembre-se sempre: amizade é para sempre, não importa onde o seu melhor amigo esteja agora ;*


today

23:45
quando você promete para você mesmo que mesmo que aconteça o que você não quer você não vai ficar chateado ou decepcionado,mas aí vem aquele sentimento inevitável.
e esse sentimento toma conta de você, e você não faz outra coisa senão chorar e se lamentar.
mas uma coisa é certa,não vou desistir disso tão cedo.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

nada além do sonho.

16:27
Poder sonhar mais uma vez. Poder acordar e ver que tudo isso foi realizado. Tudo que eu sempre quis acontecendo. Acordar no frio e se esquentar na lareira tomando chocolate quente, olhar o nascer do sol com você ao meu lado e saber que quando ele se por você ainda estará ali.
É só isso que eu quero, nada mais.
Saber que você existe.
Mas primeiro preciso encontrar você.